,

Transporte de Cargas e Tecnologia da Informação: os melhores aliados

O setor logístico tem se destacado como estratégico para as empresas, pois é a partir de uma operação eficiente de distribuição que se alcança a satisfação do consumidor exigente.

Tornar o produto disponível no menor espaço de tempo é um dos grandes desafios logísticos atuais, contudo, não é o único. A gestão da informação gerada em toda a cadeia de suprimentos da empresa é de suma importância para o aumento da competitividade.

Quando se trata de transporte de cargas, quais são os recursos tecnológicos que beneficiam a operação e trazem diferenciais que ressaltem sua empresa como uma boa competidora no mercado?

 

Rastreabilidade de mercadorias

Enquanto a mercadoria está sendo transportada de um local a outro, é preciso manter certo controle sobre a mesma, a fim de atualizar o status de pedido ao cliente ou então de manter a segurança dos produtos que estão enviados.

Quando a carga é fechada (CF), o próprio veículo pode ser rastreado por meio de GPS, facilitando o encontro da mercadoria onde quer que ela esteja. Contudo, quando se trata de carga fracionada (CFr), o trabalho se torna mais minucioso, afinal, é necessário coletar mercadorias em vários pontos de transbordo para então direcioná-las aos destinatários finais.

Dentro desta perspectiva, a tecnologia da informação entra como grande aliada no processo de rastreabilidade dos produtos, oferecendo soluções como dispositivos RFID – Radio Frequency Identification Data.

Etiquetas RFID podem ser facilmente rastreadas com a tecnologia certa, mantendo sua empresa a par de todo o trajeto percorrido por cada mercadoria transportada. Com essa tecnologia, você informa seus clientes sobre o status do pedido e garante que nada aconteça com o seu carregamento.

Intercâmbio Eletrônico de Dados (EDI)

O EDI é como um código criptografado que representa uma informação, como um preço, código de barras ou descrição de produto. Essa informação pode ser trocada facilmente entre computadores conectados, facilitando a gestão da informação no transporte de cargas.

Você pode, por exemplo, usar essa tecnologia para realizar o controle de estoque entre filiais. A carga sai da matriz e a informação gerada, como quantidade de mercadorias presentes no carregamento, é conferida rapidamente no momento do recebimento pelo destinatário. Esse processo otimiza a produtividade da sua equipe e torna a conferência de cargas mais segura e confiável.

A mesma tecnologia é aplicada na emissão de CTes e NF-es. A informação é transmitida de uma empresa a outra por meio eletrônico, evitando possibilidades de fraudes e adulterações. Também facilita no momento da conferência dos dados e na obtenção de créditos fiscais mediante a consolidação das informações dentro do seu sistema de gestão.

 

Leitura óptica e código de barras

Uma solução que está em nosso dia a dia e que favorece muito o trabalho de embarcadores é o código de barras e leitura óptica. Inserindo tal código em cada mercadoria transportada, fica fácil coletar e transmitir informações via sistemas específicos.

É possível identificar rapidamente mercadorias, características de produtos, volumes em estoque, orientações específicas de transporte, dados do embarcador e do destinatário, entre outras informações de suma importância para uma gestão logística eficiente.

O processamento de pedidos se torna mais ágil e eficiente, os erros de expedição são eliminados, a gestão do estoque é facilitada e você mantém um registro fiel de todas as movimentações de mercadorias da sua empresa.

Para extrair o potencial máximo dessas tecnologias, o ideal é que você tenha um TMS – Transportation Management System integrado às demais soluções de tecnologia da informação da sua empresa. Assim a gestão de informações se tornará uma grande aliada dos seus negócios.

Quais dessas tecnologias você utiliza? E os resultados, são bons? Deixe seu comentário!