Mobile Commerce 2018: quais são as tendências?

Um dos segredos para o sucesso nas vendas é conseguir atender ao que o cliente deseja, certo? Facilidade de compra na palma da mão é o que os dispositivos móveis têm a oferecer. Confira as tendências do mCommerce e saiba como garantir o sucesso do seu negócio!

 

O número de lojas online cresceu no Brasil ao longo dos últimos anos. E não é só isso, o aumento se reflete também em quantas estão preparadas para o mobile commerce. A sua loja é uma dessas?

 

Dados da BigData Corp sobre o perfil do e-commerce nacional apontam a existência de 675 mil lojas online. Dessas, 76,36% têm sites responsivos (que rodam normalmente em qualquer dispositivo) e 13,36% contam com o próprio aplicativo para venda via dispositivo móvel.

 

Tudo isso indica uma significativa movimentação no universo das vendas online da qual o seu negócio precisa fazer parte. Continue a leitura do post para conhecer as tendências do mobile commerce em 2018!

 

Pagamento com e-wallet e via CCP

Em nosso post Carteiras digitais ganham espaço em meios de pagamentos eletrônicos, contamos o que são e como funcionam as e-wallets. Falamos de um sistema seguro que permite aos consumidores ter uma carteira virtual para substituir o uso de dinheiro físico (cédulas e até cartões de débito ou crédito).

 

Contamos também que a segurança e a praticidade são alguns dos motivos para a crescente popularização dessa forma de pagamento. E, segundo o Global Payments Report o uso das e-wallets está contribuindo para o crescimento do e-commerce no país.

 

Por isso, o uso das carteiras digitais é tendência no mobile commerce 2018 e também para os próximos anos. O mesmo vale para o pagamento via CCP (Comunicação por Campo de Proximidade), que possibilita a realização de transações por meio da aproximação de equipamentos como um smartphone e o terminal de pagamentos da loja.

 

Aplicativo próprio

Como você pode supor, ter um site responsivo já não é tendência, tampouco um mero diferencial. Um negócio que deseja vender online precisa garantir que o cliente consiga acessar, navegar e comprar com facilidade por meio de qualquer dispositivo.

 

A tendência do mobile commerce para 2018 é o aumento do número de lojas que possuem seu próprio aplicativo. Apps criados em parceria com uma empresa de desenvolvimento de software são personalizados e garantem a melhor experiência para a clientela.

 

É mais fácil e prático comprar por meio deles, uma vez que a navegação é direcionada e até o pagamento passa a ser feito em poucos cliques. Não sem motivo, os dados indicam que, de 2017 para cá a porcentagem de lojas com apps subiu de 3,47% para 13,68%.

 

Comunicação instantânea e feedback por mensagem

O imediatismo tomou conta da sociedade e isso já não é novidade. Essa mudança se reflete no comportamento do consumidor, que busca resposta rápida às suas dúvidas, bem como soluções ágeis aos seus problemas.

 

Por essa razão, a comunicação por meio das redes sociais segue forte para o mobile commerce. O que justifica, por exemplo, o surgimento e uso da função de “negócios” em apps de troca de mensagens, como é o caso do WhatsApp Business.

 

A tendência que se destaca para 2018 é o uso dos dispositivos móveis para contatar, de forma automática, um consumidor que acabou de fazer uma compra.

A ideia é antecipar sua demanda pela confirmação de que a mercadoria foi adquirida com sucesso, o pagamento foi confirmado e a entrega acontecerá normalmente.

 

O serviço pode ser feito por meio do envio de um SMS de confirmação ou, ainda, por meio do app próprio criado pelo seu parceiro de desenvolvimento de software.

 

Sua empresa precisa de ajuda para se adequar ao mundo do mobile commerce? Entre em contato e saiba como a Logical Minds pode ajudar!