(11) 2548-4603

Indicadores de TI: o que mensurar no desenvolvimento de software?

O acompanhamento sistemático do desempenho da equipe no desenvolvimento de software traz maior segurança quanto ao cumprimento dos requisitos do projeto, bem como deixa a equipe centrada nos indicadores de TI que podem sinalizar desvios ou oportunidades de melhoria.

Mas… quais KPIs de TI são essenciais para esse acompanhamento?

Velocidade da equipe

Quem trabalha no desenvolvimento de software com metodologias ágeis de projetos pode valer-se do KPI velocidade da equipe para mensurar o desempenho dos profissionais.

O intuito não é comparar um profissional com o outro, mas sim a performance do time ágil a cada nova sprint (ciclos de desenvolvimento que levam até 4 semanas).

É uma forma de mensurar a produtividade, avaliar o nível de cansaço e até a complexidade do projeto.

Tempo de ciclo

Outro dos indicadores de TI que não podem faltar é o tempo de ciclo, que mensura quanto tempo a equipe leva para realizar uma mudança ou atualização no software que está sendo desenvolvido.

Metodologias ágeis de projetos permitem controlar esse tipo de KPI de TI com mais frequência e precisão, melhorando a capacidade de resposta da equipe às constantes mudanças do mercado e também permitindo o acompanhamento da produtividade em cada etapa da execução do projeto.

Work in progress

Também podemos mensurar o trabalho em progresso, isto é, a relação entre o total de tarefas em execução e o total de tarefas a executar. Esse indicador de TI mede a produtividade da equipe, bem como permite avaliar se os prazos do projeto estão sendo cumpridos.

Esse acompanhamento pode ser feito por meio de um software de gestão de projetos ou por uma ferramenta simples, como um quadro Kanban.

Prazo de execução

No desenvolvimento de software é comum usarmos métodos ágeis como o Scrum, pois permitem que a cada sprint uma funcionalidade seja entregue pronta para uso.

Quanto menor a sprint, mais veloz é o time de projetos e mais cedo o cliente tem em mãos a solução encomendada. Dentro dessa perspectiva, o prazo de execução também é um dos indicadores de TI que devem figurar na sua lista.

Taxa de falha do software

Durante o desenvolvimento de software, há a aplicação de testes de verificação a fim de detectar falhas antes que o mesmo seja entregue ao cliente. É neste momento que você deve acompanhar a taxa de falhas, ou seja, quantas vezes acontece algo de errado na execução da aplicação.

Existem tecnologias que automatizam esses testes, liberando a equipe para outras atividades. Assim, é possível apenas coletar as informações e agir sobre as falhas apresentadas no relatório.

Tempo médio de recuperação / reparo

Seguindo na perspectiva dos testes de software, você também pode mensurar quanto tempo a equipe leva para tratar cada falha e repará-la. Esse KPI de TI ajuda a compreender a complexidade da falha ocorrida bem como a capacidade da equipe em resolver problemas como esse.

Incidentes de pontos finais

Também é possível mensurar os níveis de segurança do software, avaliando a vulnerabilidade do mesmo em diversos dispositivos: desktops, tablets, smartphones, etc. Essa medida é preventiva e garante que seu cliente tenha uma solução segura, sem riscos de invasões, infecções por vírus ou perda de dados.

Você tem outros KPIs de TI que gostaria de mencionar? Deixe seu comentário!