Entregas fora do prazo? Guia prático de otimização

Você sabia que a causa dos atrasos nas entregas pode estar relacionada com os processos internos da sua empresa?

O setor de transporte sofre muitas consequências negativas com as entregas fora do prazo. Afinal, esse é um dos grandes problemas enfrentados pelas transportadoras que afetam diretamente o consumidor final.

O resultado: insatisfação, reclamação e a não fidelização dos clientes.

Quer saber como a sua empresa pode evitar esses prejuízos com as entregas fora do prazo?

Neste post, você vai ter um guia prático de otimização da logística de transporte com todas as nossas dicas sobre o assunto.

Boa leitura!

 

#Identifique a causa do problema de entregas fora do prazo

Em muitos casos, a causa dos problemas de entregas fora do prazo está relacionada com os processos internos das próprias empresas.

É preciso atacar essa causa, fazendo uma análise das possíveis falhas em cada etapa do processo logístico.

Identificar alguns pontos negativos que comprometem o cumprimento dos prazos é o caminho para reverter isso.

Algumas possíveis causas das entregas fora do prazo são:

  • Demora na emissão de documentos, burocracias internas
  • Falha no controle do estoque, falta de planejamento e gestão do estoque
  • Atraso na liberação dos veículos
  • Atraso nas coletas
  • Interdições na rota de entrega
  • Acidentes, ocorrências de trânsito

E você sabia que o TMS é um grande aliado para identificar os eventuais contratempos?

Entenda mais sobre o TMS com a leitura do item a seguir.

 

#Adquira o TMS: uma solução para o problema de entregas fora do prazo

Com o TMS (Transportation Management System), as empresas têm o controle de todo o fluxo logístico: da contratação de transportes até a entrega final do produto.

É, portanto, uma ferramenta (software) que faz todo o gerenciamento do transporte.

Assim, esse sistema vai garantir mais produtividade nos processos internos – antes da entrega -, garantindo a satisfação do cliente lá na ponta final.

Uma vez que tudo está integrado no sistema e todas as etapas são interligadas, esse gerenciamento passa, então, a ser estratégico.

 

#Ataque as principais falhas com monitoramento em tempo real da frota e do sistema logístico

Com o monitoramento em tempo real da frota (com GPS e outras tecnologias avançadas) e de todo sistema logístico (com softwares específicos), todas as falhas nas operações podem ser corrigidas rapidamente, minimizando os prejuízos com as entregas fora do prazo.

E ainda: se a empresa conseguir identificar o quanto antes um acidente no percurso, por exemplo, ela pode tomar decisões assertivas em prol da comunicação eficaz e clara com o cliente sobre um possível ajuste no prazo de entrega.

É por isso que um sistema como o TMS que mencionamos acima, é imprescindível para que a sua transportadora possa garantir a satisfação completa do consumidor final.

 

 

 

 

#Negocie prazos de entrega com os clientes, priorizando suas necessidades

Cada cliente pode ter uma necessidade específica e as empresas de transporte precisam levar isso em consideração.

Se ele tem urgência para o recebimento de uma carga, por exemplo, e o prazo combinado com ele não for cumprido, ele será prejudicado assim como a própria transportadora.

Para evitar esse tipo de transtorno, é preciso negociar todas as condições de entrega com cada cliente. Mas os prazos precisam ser reais.

Saiba mais sobre como definir prazos no próximo item.

 

#Defina prazos reais de entrega

Não adianta nada oferecer um prazo pequeno/curto para conquistar um cliente sendo que ele não condiz com a realidade da empresa e nem com a do setor de transportes.

É preciso cumprir com o que for prometido, senão a transportadora vai arcar com o prejuízo da sua própria imagem.

Estabeleça, portanto, um prazo real a partir do relatório das entregas anteriores controlado pelo sistema de gerenciamento logístico. Faça um cálculo médio para definir essas datas.

Mas, atenção, é importante calcular os prazos também para cada etapa de todo o processo logístico e não apenas para o transporte propriamente dito.

Desse modo, o gestor consegue monitorar todas as atividades específicas, identificando suas falhas e propondo ajustes e melhorias.

 

#Previna erros, reduzindo os índices de devolução de mercadoria

Você sabia que os extravios, as avarias e os erros como produtos trocados, por exemplo, também são motivos para as entregas fora do prazo?

Corrigir esses problemas, prevenindo a devolução dos itens e mercadorias, é uma forma de minimizar os atrasos nas entregas.

Uma vez que as transportadoras têm como atividade principal a entrega de cargas, ela precisa ser feita com responsabilidade, segurança e cumprindo tudo o que foi prometido para o cliente, não é mesmo?

Você conseguiu identificar, ao ler esse artigo, quais são os erros que a sua empresa vem cometendo relacionados aos atrasos nas entregas?

 

Então, se você ainda tem dúvidas sobre esse assunto ou se ainda não tem o sistema TMS que pode te ajudar a controlar todas as entregas, entre em contato conosco !  A Logical Minds tem a solução personalizada para a sua transportadora.