(11) 2548-4603
Você sabe quanto a sua empresa gasta com cada chamado em TI? Conhecer esse custo é importante para avaliar se a despesa está adequada ao orçamento e também para encontrar formas de promover melhorias. Acesse o post e aprenda como calcular este gasto!

Custo por Chamado em TI: como calcular?

Você já sabe qual é o custo por chamado em TI na sua empresa? E ainda, sabe por que realizar esse cálculo e qual e como analisá-lo para melhor direcionar seus investimentos em TI? Se você respondeu “não” a essas perguntas, chegou ao post certo.

Ao longo da leitura, vamos explicar como esse cálculo deve ser feito. Assim, você terá condições de conhecer melhor a realidade do seu custo com uma TI interna.

Mais do que informar sobre suas despesas, esse cálculo é relevante porque permite à empresa ter embasamento para avaliar a necessidade de modificar os investimentos no setor, fazer contratações ou até a terceirização de TI. Acompanhe e saiba mais!

O que é o custo por chamado em TI

Antes de partirmos para o cálculo em si, vale a pena apresentar de forma simples e direta o que é o custo por chamado em TI.

Trata-se do valor associado ao número de solicitações atendidas pelo setor de TI, as despesas envolvidas nas respostas aos chamados, as horas gastas e os recursos utilizados.

Esse cálculo pode ser feito tanto por empresas que possuem um departamento interno quanto por aquelas que já optam pela terceirização de TI. E, em geral, serve para avaliar o investimento que é feito e direcionar o processo de tomada de decisões estratégicas a favor de melhorias.

Como calcular o custo por chamado em TI

Caso sua empresa já conte com um serviço de terceirização, também conhecido como outsourcing de TI, o cálculo é mais simples. Basta fazer um registro do número de chamadas abertas em um mês e então dividir essa quantia pelo valor pago à empresa parceira de TI.

É importante adicionar ao valor da mensalidade todos os gastos extras como a necessidade de contratação de outras empresas, contratação de novas licenças ou abertura de chamados em outros fornecedores. O resultado da operação representa o custo de por cada chamado.

Se, por outro lado, sua empresa conta apenas com o setor interno de TI, o cálculo é um pouco mais trabalhoso. Mas não se preocupe, pois iremos vamos desvendá-lo!

Para realizar o cálculo, é preciso relacionar e somar todas as despesas com o departamento de TI da empresa. Isso inclui, por exemplo, a folha de pagamento, os custos estruturais (aluguel do espaço, internet e outros), os equipamentos e softwares usados pela equipe, etc.

Todos esses valores devem ser somados e o resultado total deve ser dividido pelo número de chamados realizados em um mês. Assim, chega-se ao custo por chamado individual.

Mas atenção! É preciso considerar os chamados que foram atendidos. Do contrário, seu cálculo não será adequado e levará a um custo menor do que realmente deveria ser.

Como analisar os dados obtidos

O cálculo do custo por chamado em TI vai apresentar um valor que deve ser comparado com o orçamento que a empresa destina ao setor. Assim, torna-se possível avaliar se o custo é alto ou baixo, se está adequado ou não às possibilidades da empresa.

Dessa forma, o cálculo desse custo serve para embasar decisões estratégicas quanto à adoção de medidas que visem otimizar o setor. Questões como a contratação de novos colaboradores, o treinamento e atualização da equipe interna ou a contratação de um parceiro de outsourcing de TI.

 

Este post foi útil? Aproveite para conferir também Outsourcing de TI: esse é o momento ideal para confiar em um parceiro de negócios?