Automação de testes de software: por que sua empresa precisa disso?

Softwares estão cada vez mais presentes na rotina das mais variadas empresas. Qualquer problema nos programas pode ter impacto negativo nas atividades: atrasando serviços, gerando perdas e prejuízos.

Para evitar situações desse tipo, é necessário que sejam realizados testes de software. A partir deles, é possível detectar falhas, corrigir defeitos e, assim, garantir a qualidade e bom funcionamento dos sistemas e aplicações.

Porém, testar softwares pode ser um desafio. E essa é apenas uma das razões pelas quais a automação é uma solução interessante para empresas. Quer saber mais? Acompanhe!

Menos trabalho e menos erros

Realizar testes manualmente dá trabalho. Aplicações mais robustas demandam muito esforço e tempo para serem devidamente testadas. Nessa situação, o testador tem chances maiores de cometer erros, podendo deixar problemas passarem despercebidos. A automação elimina esses problemas.

Mais consistência nos testes

Por vezes, os testes em softwares precisam ser repetidos e, para a maioria dos analistas, executar essa tarefa de forma assertiva é complicado. Naturalmente, nós humanos temos dificuldade em realizar algo de forma repetitiva, sempre da mesma maneira. Portanto, a automação permite que um mesmo teste seja executado diversas vezes, com a garantia de resultados mais consistentes.

É melhor para os analistas

A automação permite que os analistas de teste sejam liberados de atividades rotineiras e passem a se concentrar em atividades mais específicas, como a criação de novos casos de testes e a validação das aplicações. Em outras palavras, permite que o profissional invista seu tempo e esforço de forma mais proveitosa.

Rapidez no feedback

Descobrir quais testes falharam e por quais razões é mais fácil e rápido com o processo automatizado. Isso porque várias das ferramentas apresentam dados – como relatórios e gráficos – que ajudam a encontrar e entender o problema.

Testes de regressão mais efetivos

Quando uma nova funcionalidade é adicionada ao software, é preciso certificar-se de que ela não causou nenhuma alteração ou dano à outras funcionalidades já presentes e em funcionamento. Para isso, são feitos testes de regressão, que tendem a ser maçantes e demorados. A automação facilita todo o processo.

Testes executados com mais frequência

Para garantir o bom funcionamento dos softwares utilizados em sua empresa, é interessante que os testes sejam feitos periodicamente. A automação torna bem mais fácil que isso aconteça. Além disso, ao contrário do processo manual, o automatizado permite que os testes seja realizados a qualquer momento.

Redução de gastos

A princípio, o custo envolvido no processo de automação de testes de software pode parecer um entrave. Porém, a análise do retorno sobre investimento (ROI) aponta que, a médio e longo prazo, a redução de gastos é significativa.

Como visto, a automação de testes de software traz diversas vantagens que impactam positivamente a rotina organizacional. É importante saber, porém, que ela não elimina a necessidade de testes manuais.

O mais interessante é analisar cada caso para saber quais testes devem ser automatizados e, então, combinar as duas técnicas para garantir melhores resultados.

Sua empresa já optou pela automação de testes de software? Conte para gente nos comentários!