(11) 2548-4603

As métricas mais importantes para avaliar um software

As métricas mais importantes para avaliar um software

Como saber se um software é bom? Essa pergunta ronda a cabeça de muitos empreendedores, CEOs, diretores financeiros e até gerentes de TI. Isso porque existem diversas maneiras de realizar a análise de um software para determinar se ele atende às expectativas ou não.

Você pode avaliar pela perspectiva do usuário, do desenvolvedor, da aderência ao negócio, entre outras. Pode ainda confrontar com a solução que você utiliza hoje e determinar qual é mais valiosa para o momento do seu negócio ou ainda comparar preços. As opções não param de aumentar.

O jeito então é contar com a sorte? É claro que não, existem algumas métricas que podem te ajudar a compreender se um software é adequado para a sua empresa ou não. Confira:

Usabilidade

A usabilidade diz respeito à capacidade de uso do software, bem como à facilidade com que ele pode ser operado por qualquer pessoa. Boa parte das aplicações atuais funcionam em dois ou mais idiomas, podem ser customizadas e trazem um layout intuitivo, que facilita a compreensão do usuário no momento de utilizar a ferramenta. Quanto maior a métrica de usabilidade, melhor o software se apresenta para quem vai operá-lo diariamente.

Implementação

No momento de fazer a análise de software, é preciso saber qual o prazo para total implementação da ferramenta, visando coordenar o time to market com a adoção da nova tecnologia. Se você pretende iniciar o ano com toda a gestão da empresa integrada, mas o software leva quatro meses para ser implementado, talvez não seja a melhor opção.

Na implementação considere ainda o treinamento da equipe que irá operar o software, afinal, para que ele seja usado em toda a sua potencialidade é essencial que os usuários saibam recorrer a todos os recursos e funcionalidades.

Integração com outras tecnologias

Num cenário de alta concorrência, o grande diferencial entre uma empresa informatizada e uma com inteligência de negócios é a integração de todas as fontes de informação estratégica a fim de proporcionar uma leitura ágil e eficaz sobre o macro e microambiente em que a empresa está inserida.

Isto quer dizer que, no teste de software, é essencial verificar se ele é capaz de ser integrado a outras tecnologias já utilizadas pela empresa e outras que ainda virão. Essa flexibilidade é essencial para que um software seja considerado uma solução de valor para o empreendimento.

Baixo nível de atualizações

Os mais experientes certamente se lembrarão da velocidade com que o Microsoft Windows era atualizado. Apesar de ser um sistema operacional, não um software, ilustra bem como as falhas no desenvolvimento de uma solução tecnológica podem ser incômodas e custar dinheiro para a empresa.

Um software que tem baixo número de atualizações é uma solução mais robusta, desenvolvida com todo o critério necessário para atender à demanda do mercado. Isso implica em menos manutenções para você se preocupar, portanto, é uma métrica a ser analisada sempre.

Segurança e privacidade

Toda solução tecnológica está sujeita a invasões e roubo de dados se não houver o cuidado adequado com os níveis de segurança e privacidade dos dados. A maioria das soluções desenvolvidas em cloud computing já vêm acompanhadas de certificados de segurança, criptografia de dados e outros sistemas de controle de acesso que dão maior confiabilidade à ferramenta.

No momento de realizar a análise de software para sua empresa, não esqueça disso. Segurança e privacidade dos dados é a garantia de que o conhecimento da sua organização será preservado.

Suporte

Para concluirmos nossa conversa, não esqueça do suporte ao usuário. Seja uma solução SaaS ou não, e vital que sua empresa tenha acesso a uma equipe de suporte qualificada e disponível quando vocês mais precisarem.

Verifique o SLA (acordo de nível de serviço) antes de contratar qualquer solução. Ele é a garantia de que você terá o atendimento adequado em qualquer momento de apuro.

Você usa outros critérios para avaliar um software? Gostaria de compartilhá-los conosco? Deixe seu comentário!